17/03/2016

Ainda precisamos do feminismo, sim.


Não se trata de odiar o sexo oposto, muito menos querer afirmar-me como superior a ele. Apenas quero respeito, e que os nossos direitos sejam reconhecidos e aplicados em todas as partes do mundo.

Fico triste quando ouço mulheres dizer que não precisam do feminismo. Acho um tanto ingrato tomar essa posição, pois é graças ao feminismo que atualmente muitas de nós podemos fazer tantas coisas consideradas agora tão triviais como ter acesso ao ensino, poder conduzir e viajar sem consentimento oficial de um homem, a nossa opção de carreira deixou de ser somente a dona de casa para ser um trilhão de possibilidades. Porém, não censuro de todo essas mulheres, muitas delas estão, na maior partes dos casos, equivocadas ou acomodadas demais para ver mais além do próprio umbigo.

Alcançamos isto tudo, mas ainda não chega. Não chega, porque embora estejamos já em pleno 2016, em muitos cantos do mundo, as coisas estão tão críticas como há uns 50, 80 anos atrás, ou talvez ainda piores.

E porque diabos certas pessoas teimam em afirmar que o feminismo é o mesmo que machismo? Feminismo luta pela igualdade social, politica e económica entre sexos, o machismo é um sistema de opressão que inferioriza o sexo feminino. Portanto não, não são, nem de longe, semelhantes.

Logo, se vocês são a favor da igualdade, então são a favor do feminismo. E o feminismo ainda é urgente e necessário.

Ainda precisamos do feminismo porque diariamente, meninas e mulheres são violadas sexualmente e ainda são rotuladas de nomes obscenos. Porque a culpa ainda é da vítima. "Fechou as pernas com firmeza?" Pergunta uma JUÍZA em Espanha a uma vítima de violação. É por atitudes como esta que muitas preferem calar-se ao invés de denunciar o agressor. Ninguém faz nada. Ou com sorte, acabamos por ser nós as julgadas e criminalizadas, porque "não demos resistência suficiente", porque estávamos com uma roupa "inadequada". Ainda precisamos do feminismo porque a cada uma hora uma mulher morre vítima de violência doméstica, fora todas as outras que ainda sofrem caladas pelo medo. O medo, sempre o medo do pior acontecer.

Ainda precisamos do feminismo porque a cada nove minutos uma mulher morre ao fazer um aborto clandestino. "Criminalizar o aborto não irá reduzir o número de abortos", muito pelo contrário, só aumenta a taxa de mortalidade feminina. E legalizar o aborto não vai fazer com que se aborte loucamente, mas irá dar mais uma hipótese de escolha às mulheres cuja a gravidez seja indesejada, seja porque razão for.

Ainda precisamos do feminismo porque em alguns países africanos, meninas têm o seu clitóris mutilado, para que não sintam prazer durante uma relação sexual. Porque é errado, é impuro, é impensável uma mulher tocar-se e sentir prazer sexual. Ainda precisamos do feminismo porque milhares de mulheres são escravizadas, vendidas e trocadas como se fossem meras mercadorias, para se prostituírem. Ainda precisamos de feminismo porque as mulheres acusadas de adultério são apedrejadas até à morte no meio da rua.

Ainda precisamos do feminismo porque meninas de 10, 12, 14 anos são obrigadas a casar com homens de 40, 50, 60 anos. A infância é-lhes arrancada assim, como se fosse a coisa mais normal deste mundo. Ainda precisamos de feminismo porque muitas meninas  não têm acesso o acesso à educação, sob a desculpa de colocar em causa a sua "matrimonialidade", e as que (in)felizmente têm são vítimas de agressões e ataques frequentes.

Ainda preciso do feminismo porque eu só sou respeitada na rua, numa festa ou em viagem se tiver um homem do meu lado. Porque "eu estava a pedi-las" quando decidi sair de casa de calções. Porque eu tenho de mudar de passeio quando vejo aquele grupo de pedreiros ou obreiros. Porque lésbicas são "umas mal-comidas" e precisam de um "homem a sério" para mudarem de ideias. Porque negras são fetichizadas e sexualizadas, como se fossem objetos exóticos. Ainda preciso de feminismo porque nasci mulher, e porque "não posso fazer isso e aquilo" porque tenho uma vagina.

Eu preciso do feminismo, porque a dor de cada mana é também a minha dor!

Enquanto isto insiste em acontecer, vamos continuar a precisar do feminismo, sim. Aceitem, apenas.

#EmboraSoFridaJamaisMeKhalo, vamos usar!

Na vossa opinião, porque precisamos (ou não) de feminismo? xx

16 comentários :

  1. Acho que nao descreveria melhor.
    Tantas mulheres que sao vitimas de violencia ou engravidam devido a uma violação.
    É triste viver numa sociedade onde olhamos e vimos esta cruel relidade.
    beijinhos
    Cantinho Da Tequis

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É assustador viver numa sociedade onde normalizam o que não é normal!

      Eliminar
  2. COM CERTEZA ainda precisamos do feminismo, é triste saber que muitas mulheres não percebem o seu próprio valor e preferem ser oprimidas.

    ResponderEliminar
  3. Parabéns por este texto, quanto mais coisas tuas leio mais te admiro enquanto pessoa.:) Realmente, acho que devemos ter noção e orgulhar-mo-nos das nossas diferenças entre géneros, mas essas diferenças nunca podem ser ao nível dos direitos!

    beijinhos,
    Another Lovely Blog!, http://letrad.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  4. Concordo plenamente contigo! É preciso o feminismo, sim!!
    Beijinhos :*
    Elefante Mágico

    ResponderEliminar
  5. Não podia concordar mais contigo.
    É verdade que já muito se fez pelo direito das mulheres enquanto direito universal MAS não é tempo de baixar os braços porque, infelizmente, ainda há muito por onde trabalhar, muito que mudar, muito que evoluir. Estamos longe de atingir uma igualdade.

    Mesmo que todos os problemas do mundo se possam basear em interesses de super potencias, como referiram no FB (onde encontrei este teu blog), não nos podemos esquecer que o problema da igualdade está muito mais enraizado na mentalidade da sociedade do que esperamos. E ai reside o verdadeiro problema. Temos de nos lembrar de duas coisas :
    1 - Por muito que mudem as leis, sera sempre complicado mudar a forma de pensar da população e enquanto esta não for mudada, as leis são pensos que se mete em cima do problema originario.
    2 - O povo não tem que temer seu governo, o governo é que tem que temer seu povo ( V de Vingança ).

    Por haver ainda muita gente ignorante a esta falha de igualdade, por haver ainda muita gente que vira a cara, por haver ainda muita gente que ignora a questão na totalidade - porque pensa que os problemas pelos quais o feminismo tenta lutar contra são exclusivamente problemas de mundos subdesenvolvidos -, é que o mundo precisa do feminismo. Como disse a Simone de Beauvoir " a condição da mulher na sociedade é uma construção da sociedade patriarcal, não uma questão biológica ". É necessário que os feministas venham derrubar estes papéis tradicionais. Por isso é que a luta, em vez de contra as "super potencias", tem de ser começada "por baixo". Tem de começar nas novas gerações, na mudança de mentalidade da sociedade.

    Por isso, #EmboraSoFridaJamaisMeKhalo !

    ResponderEliminar
  6. Adorei o texto. Só não concordo com a parte do aborto em Portugal, porque infelizmente existem casos de mulheres que vão frequentemente ao hospital abortar. Como os dados são confidenciais não há registos, mas enfermeiros e médicos têm memória e sabe-se de casos de mulheres que lá vão frequentemente. E acho que é uma prática que não devia ser feita de ânimo leve como muitas vezes o é...

    Beijinho
    http://blog-flor-mar.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  7. Para mim as mulheres devem ter as mesmas oportunidades do que os homens, como se os dois começassem uma corrida na mesma posição e o que conseguisse ganhar ganhasse por mérito próprio e não por ser do sexo masculino ou feminino... É isto que eu defendo...

    Passa pelo blog e deixa as tuas perguntas: http://abpmartinsdreamwithme.blogspot.pt/2016/03/q-2-facam-as-vossas-perguntas.html

    Se puderes responder a um inquérito relacionado com o tema para a faculdade agradecia:

    https://docs.google.com/forms/d/1n9_wHbo2fhnjuhaMiGXrJg5vVwm-3D7wUyk65yDbKd0/viewform

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  8. Cara Sandra, que alegria ter encontrado o seu blog num grupo brasileiro de blogueir@s!
    Sou do Brasil, mais especificamente do nordeste.
    Em relação ao seu texto, não consigo pensar mais em nada pra acrescentar, porque você descreveu exatamente como vejo a importância do feminismo.
    Inclusive fiz uma postagem muito recentemente no meu blog acerca do tema. Vou deixar o link para o caso de você sentir curiosidade de ler: http://ericaferro.blogspot.com.br/2016/03/sobre-inspirar.html.

    A importância do feminismo é atemporal, porque sempre haverá algo que precisa ser melhorado e nós, mulheres, estaremos juntas para lutar por essas melhorias.
    Que alegria conhecer um blog de uma mulher super sensata e sábia.
    CLARO que eu quero acompanhar os seus próximos posts.

    Um abraço apertado da sua mais nova leitora do Brasil.

    Blog || Fan Page

    ResponderEliminar
  9. Adorei o texto e concordo com tudo o que disseste!
    Beijinhos, linda :*
    Blog Sou Patrícia

    ResponderEliminar
  10. Muito bem dito! Adorei o texto 👌 sim ao feminismo

    ResponderEliminar
  11. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  12. Uau! Só posso bater palmas! *o*

    bruna-morgan.blogspot.com

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...